• PT
  • EN
  • Estrangeiros

    Estrangeiros

    Estrangeiro (do latim extraneu-, “exterior”, “de fora”; “que não pertence à família”, “estranho”) é aquele que tem nacionalidade ou naturalidade diferente da do país onde está; que pertence ou sente que pertence a outra região, a outro grupo, a outra classe ou a outro meio que não aquele onde se encontra. Na qualidade de adjetivo, “estrangeiro” refere-se ao que é de outra nação, que não é do país em que se está ou a que se refere, isto é, não é “nacional” (cinema estrangeiro; língua estrangeira; literatura estrangeira; território estrangeiro). Por extensão, o termo designa o que é produzido ou fabricado noutro país (produtos estrangeiros vs. produtos nacionais). Também abrange o que respeita às relações de natureza externa com outros países (negócios estrangeiros; relações estrangeiras). Na qualidade de substantivo, pode também significar o país ou conjunto de países diferente daquele de que se é natural ou onde se reside (“passou uma semana no estrangeiro”). Remete igualmente para línguas distintas daquela que é oficial (ou daquelas que são oficiais) no país em que se está ou de que se é nacional (“falar estrangeiro”).

    Segundo uma reportagem publicada no jornal O Público, de 23 de junho de 2023, “A população estrangeira residente em Portugal aumentou em 2022 pelo sétimo ano consecutivo, totalizando 781.915 cidadãos, mantendo-se a comunidade brasileira como a mais representativa e a que mais cresceu. No final de 2022, viviam em Portugal 239.744 brasileiros, seguidos dos cidadãos do Reino Unido (45.218), de Cabo Verde (36.748), Índia (35.416), Itália (34.039), Angola (31.761), França (27.512), Ucrânia (25.445), Nepal (23.839) e Guiné-Bissau (23.737). Os imigrantes residem sobretudo no litoral, sendo que cerca de 65% estão registados nos distritos de Lisboa, Faro e Setúbal, totalizando 512.141 cidadãos residentes, enquanto em 2021 eram 466.779”.

    Todos nós devemos estar atentos e defender os direitos das crianças e adultos estrangeiros.

     

    Proposta de ação pedagógica

    – Fazer desenhos onde figurem crianças de diferentes nacionalidades, com as respetivas bandeiras e suas cores e alguns elementos conhecidos dos países, como monumentos e as formas de saudação:

    Bibliografia

    Impressa

    JONES, N. & JONES, J. (2020). A Melhor Forma. Lisboa: Bertrand.

    VIEIRA, R. (2011). Educação e Diversidade Cultural – Notas de Antropologia da Educação. Porto: Afrontamento.

     

    Digital 

    “Estrangeiro”, https://dicionario.priberam.org/Estrangeiro (acedido a 22.01.2023).

    “Quase 800 mil estrangeiros vivem em Portugal e 30% são brasileiros”. Público, https://www.publico.pt/2023/06/23/sociedade/noticia/quase-800-mil-estrangeiros-vivem-portugal-30-sao-brasileiros-2054424 (acedido a 22.01.2024).

     

    Autores

    Escola Básica com Pré-escolar Dr. Eduardo Brazão de Castro – Lombo Segundo, Funchal (ano letivo 2022-2023).

    Escrito por -

    Descricao

    Voltar ao topo
    a

    Display your work in a bold & confident manner. Sometimes it’s easy for your creativity to stand out from the crowd.